Geografia Poesia Fé: Poesia Pastoral

Poesia Pastoral


No silêncio do meu canto
Ouço a voz do medo
Medo oculto em mantos

Inseguranças pressas no tempo
Levam-me por ocultos espaços
Fraco, rendo-me à espera

Nas voltas da vida
Revoltas perdidas
Lançadas pela criança

Ouvir o farfalhar dos Teus cantos
Ver as dores do rebanho
Vir a ser restaurador de sonhos

Ouvir, ver e vir a ser
Restaurar-a-dor
Cantos do rebanho sonhador

Declaro a falência de mim
Rendo-me à dependência
Suplico-Lhe por vida
E vitória
Sobre as dores na marcha

Judson Malta.

Dedico à Pra. Ana Isaura, minha querida Mãestora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião sobre a postagem? ... Deixe seu comentário aqui para interagirmos...

Curta e compartilhe nosso conteúdo!

Blog Geografia, poesia e fé - http://judsonmalta.blogspot.com.br/
Facebook Rede Geocaçadores: Geotecnologias e Ensino - https://www.facebook.com/geocacadoresnordeste
Canal YouTube Rede Geocaçadores: Geotecnologias e Ensino - https://www.youtube.com/channel/UCs52p9Orv3q8xh1Q1FB7LqQ

#Geocaçadores: O conhecimento é a maior aventura!

Veja também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...